Escritas do fundo do mar

07
Mar 08
Estranho caminhar este, que nos leva onde não sabemos à procura do que não encontramos. Os passos dados pela razão ultrapassam a compreensão da vontade e transportam-nos para o lado de lá do que entendemos. Hoje pensei.

Caminhamos de mãos dadas com a lassidão, subindo em sintonia a encosta do dia-a-dia rumo ao pico da mudança. Do outro lado da montanha está um amanhecer diferente, um amanhecer de esperança e vontade de acreditar que o sonho existe. Hoje pensei.

Nascemos empurrados numa direcção imposta, sem que a vontade própria surja como elemento fundador. A nossa vontade cresce no caminho que trazemos, mas nem sempre atinge a superfície da efectividade e muitas vezes afoga-se no mar de uma praia constante. Hoje pensei.




Rose is a rose is a rose*. As coisas são o que são. Estranho caminhar este, que nem sempre nos faz contestar a dádiva da existência, mas que simplesmente nos faz seguir em frente apenas porque é preciso lá chegar. Já tinha pensado há mais tempo.

A inadaptação sistemática dos inconformados fez-me pensar que quero entender a minha viagem. Quero percorrer o caminho da minha direcção cônscio de que as coisas não são apenas o que são, mas que podem ser aquilo que nós quisermos que sejam!

E isso… Hoje pensei!



* Gertrude Stein; (3 de Fevereiro , 1874 – 27 de Julho, 1946) – Escritora americana catalisadora do desenvolvimento da arte moderna e da literatura, que passou grande parte da sua vida em França. Diz-se que ela fez com as palavras o que Picasso fez com as tintas.
Bilhetado por Brunorix às 12:13

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
21
22

23
26

30
31


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes