Escritas do fundo do mar

14
Jul 08
Toque. O poder do encontro na ponta dos dedos e na palma da mão. Sentir um corpo. Deixar fluir vontades pelo movimento. Um momento! Não um corpo, o corpo! Efectivar conhecimentos, solidificados com sentimentos e partilhas.

Aproveitar esta loja de trabalho para retirar o prazer da descoberta, e foi oferta! Viajar na pele da vida, sabendo que o óleo ajuda na procura. Deslizamento, que unguento! Cruzado, que achado! Amassamento, que momento! Drenagem, que aterragem!




Sentir a aproximação do interior pelo toque do conhecimento. Aquele centímetro de pele eu sei, aquele eu vi, aquele já senti, aquele também cheirei… e gostei! Dar mais passos na direcção do caminho, e nunca sozinho, ao som da calma que se cheira. O ambiente, estou contente, o aroma da satisfação, porque não?!

Porque sim! Que partilha sentida nas vontades de saber mais. Aprendemos da razão, o mergulho das almas num mar que é nosso, e se posso, como não tem mal, foi mesmo um grande final!
Bilhetado por Brunorix às 18:53

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
16
19

20
22
24
26

27
29


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes