Escritas do fundo do mar

27
Fev 09
Não foram 4 dias de afastamento. Foram 6, porque a acumulação era tanta que após o regresso nem consegui bilhetar. Mas bilheto agora, muito cansado e ainda extasiado com tanta água. Foi assim a atirar para o frio, mas o prazer suplantou qualquer temperatura e a emoção aqueceu tudo.




Os agradecimentos não se medem mas sentem-se, e este é muito sentido por tudo. Ambientes aquáticos diferentes, partilhas molhadas e muita alegria, pese embora o contraste das notícias recebidas da terra mãe sobre um seu filho que desaparecera. A mescla de sentimentos palpitava no coração das profundezas e permitia sorrir dentro das máscaras deste carnaval aquático.

A marca dos 35 bebeu-se em ambiente diferente e com outras companhias, todos mascarados (com máscaras), a trocar ar por champanhe e a misturar bolhas de diferentes gases... e fomos capazes!





Foi bom saber que nem todas as políticas cerram barreiras e que algumas fronteiras (como a da cultura) não se erguem por mudar de país. Nuestros hermanos também o sentiram, e escreveram! (El País, 24/02/09)



Entre água (muita água!), tortilhas, armadilhas e calamares, 2000 km e outros ares, o balanço é para lá de positivo, é assim de uma aquaticidade de... Puta Madre!*


* - NT: aplicável em todas as situações, para dar enfâse e emoção sem falsos pudores e com a naturalidade da língua.

Bilhetado por Brunorix às 00:02
tags: ,

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
21

22
23
24
25
26
28


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes