Escritas do fundo do mar

02
Dez 08
(em brasileiro arranhado)

Do lado de cá do oceano não se percebeu. Oi?! Não me lembro, nem sabia de tal coisa e nem marrei como boi. Mas foi?! Se foi, não teve importância, nem fez da tal discordância, pevide que rime em melância!

E se não percebo da vontade, não faço da questão saudade e quero ver você de verdade. Porque, veja bem: se da picanha eu fosse fatia, sê era feijão que eu comia e não táva nem aí de zangão, sê não acha Titia?! Não faz sentido não, mais rima de coração!

Até dou orelha pa você mexer, sento junto e falo só com prazer. Baixa aí a guarda mais fria, que tou mêmo é sendo franco, não era assim que eu queria, mas serviu de lenço branco?!

Um bêjo assobrinhado!





P.S.: Volta logo pa eu te abraçar de esclarecimento! :)
P.S.2: E se foi no período AB (antes-blog) eu podia ser outra pessoa!
Bilhetado por Brunorix às 17:29

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14

21
24
25
26

28


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes