Escritas do fundo do mar

16
Dez 08
E lá foram. A mãe chegou do outro lado do mundo e levou-as para a casa onde pertencem, para o seu refúgio de vida. Agradeceram na saída o que receberam desde a entrada. Parece que gostaram.




Deixaram uma porta aberta na saudade, mas o tempo fecha todas as portas e abre outras tantas. O silêncio voltou ao vazio e não restam mais recordações que os despojos da festa. Gostámos de as ter por cá e podem voltar quando quiserem, esta é uma das portas que está sempre aberta!
Bilhetado por Brunorix às 13:22

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14

21
24
25
26

28


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes