Escritas do fundo do mar

23
Mai 08
Quis o 13, de um Maio comemorado, que uma possível fátima fosse uma, felizmente, Madalena. Nascida do berço sólido de uma certeza familiar, veio ao mundo para abrilhantar uma continuidade e garantir uma perfilhação sentida. Na linhagem de um início que se começou João henriquicamente, veio coroar a partilha de uns progenitores, que de orgulho me aprazem a emoção.

Surge do já contentamento, a estupefacção orgulhosa de um convite parental para que apadrinhada fosse. Sibilo um inaudível sim, no nervosismo da surpresa contida num rebentar emocional. Perscruto na alma da alegria, a explanação radiante do meu sentir tão feliz na humildade do reconhecimento. Obrigado pela prova viva! Merecerei da confiança, a guarda do tesouro!



A família não pára de aumentar a teia genealógica dos crescimentos humanos. Cresce o tamanho e a idade. Orgulhamos os novos membros, na esperança que se sintam como nós… parte de um todo unido em uníssono.


P.S. - Bem vinda a esta loucura que é viver. Que tenhas uma vida boa e, sobretudo, uma boa vida! Eu… vou estar sempre aqui para ver!


Bilhetado por Brunorix às 16:11

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
16

19
22
24

25


Bilhete Radiofónico

 

BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
BLIHETES PUBLICADOS

 

 

 

Encontrar Bilhetes