Escritas do fundo do mar

04
Mar 08
O inconformismo latente das nossas vidas, manifesta-se com vontade de mudança, com desejo de atingir o objectivo supremo de um patamar elevado de conhecimento de nós próprios. Este sentimento é comum a todos os seres humanos. No entanto, o que nos diferencia uns dos outros, a fronteira que separa a vontade da realização... é a coragem! Uns têm, outros não. Uns perseguem os seus sonhos, os seus ideais, outros não!

As mentes brilhantes têm histórias brilhantes, embora possam ser desequilibradas. E porque o melhor de uma história é a relação da realidade com a ficção e o impacto que nos causa, aqui fica uma história que me marcou profundamente por tudo o que me fez sentir, por tudo o que me fez pensar e por todo o inconformismo em geral.

Partilho-a em 3 formatos diferentes completamente distintos, mas complementares na paixão, na beleza e nas sensações que transmitem. Aqui fica a minha sentida homenagem...


1 - O filme que despoletou em mim toda esta reflexão e incapacidade de ficar indiferente. A matéria-prima era muito boa, mas não posso deixar de referir a maestria de Sean Penn na condução da interpretação desta vida que foi curta, mas marcante.







2 - O livro que dá origem ao filme. Não deixa de ser uma versão da história porque reflecte, também, a opinião e as sensações do seu autor (Jon Krakuer). É difícil relatar factos destes sem nos deixarmos levar pelos nosso próprios pensamentos...





3 - A música. A excelente Banda Sonora Original (OST - Original Sound Track) do Eddie Vedder. Envolve cada página do livro e cada imagem do filme numa nuvem de reflexão sentida. Uma OST que foi escrita e pensada para este filme, daí ter uma carga emocional e uma adequação perfeitas!




Se a marca ficar como em mim ficou, vale a pena ver este sítio:

http://www.intothewild.com/


Sem qualquer juízo de valor, sem qualquer concordância ou discordância por tudo o que viveu, sem escalpelar as motivações, mas apenas impressionado por uma vivência tão inconformada... um obrigado sincero a Christopher Johnson McCandless pela marca que deixou no meu inconformismo!

Foi bom ver este fime, é bom ler este livro é muito bom ouvir esta música vezes sem conta!

Bilhetado por Brunorix às 11:59

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
21
22

23
26

30
31


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes