Escritas do fundo do mar

11
Abr 08
Tenho raiva da incompetência, tenho raiva das bananas que mandam, tenho raiva da incongruência, tenho raiva da apatia em que todos andam.

Tenho raiva das taxas de juro, tenho raiva dos que ganham muito e não fazem nada, tenho raiva de não saber o futuro, tenho raiva do presente que não acaba.

Tenho raiva de jogadores de futebol, tenho raiva dos círculos fechados, tenho raiva de quem é mole, tenho raiva dos mal-amados.




Tenho raiva de trabalhar para viver, tenho raiva de viver para trabalhar, tenho raiva de quem vive sem saber, tenho raiva de quem sabe e não quer usar.

Tenho raiva de quem pensa que sabe, tenho raiva de quem sabe e não pensa, tenho raiva que o tempo passe e acabe, tenho raiva de cumprir sentença.

Tenho raiva de ter raiva, tenho raiva de quem não tem, tenho raiva do Sargento Saraiva, tenho raiva de quem não me trata bem.

Tenho raiva de não ter sempre sol, tenho raiva de não viajar amanhã, tenho raiva do que a vida me engole, tenho raiva de não ter nenhum fã.

Tenho raiva…

… serei um cão?!



P.S. – Não conheço nenhum Sargento Saraiva!
Bilhetado por Brunorix às 16:52

Nem o super herói que era super herói conseguiu resolver a raiva.

Talvez esperar que passe?

É que em véspera de fim de semana até mete raiva.
Patti a 12 de Abril de 2008 às 23:30

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
16

20
25
26

27


BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
Encontrar Bilhetes