Escritas do fundo do mar

28
Abr 10

Longe vão os tempos em que se escrevia história na Europa com heróis portugueses de verde e branco. Heróis de garra e com garra que respiravam brio nas atitudes e na camisola. Em ano de desonra clubística, rugiu ontem pela última vez um desses heróis.

 

O cantinho do Morais ficará para sempre na memória dos relatos e da paixão de cada um. A taça, que era a das Taças, escreveu-se no mais alto lugar de um sonho que ainda hoje se lê único. Foi magriço em 66 e leão para todo o sempre.

 

 

João Pedro Morais

(1935-2010)

Bilhetado por Brunorix às 17:21

E ninguém comenta. Aos 14 anos, sem TV mas com rádio de pilhas(!) a milhares de quilómetros do acontecimento, a emoção de ouvir, mas vendo, aquela bolinha entrar.... Ah! que sensação! Não esqueçamos que o Sporting tinha deixado pelo caminho um tal de Manchester United onde pontificavm Charlton, Mathews e Best. A frase do locutor (naquela época havia locutores...) Inglês é histórica: "...está a passar um furacão em Alvalade". Pois é; aguardam-se furacões. E viva para sempre o Morais que também é João Pedro.

RL
Anónimo a 5 de Maio de 2010 às 21:53

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
29
30


Bilhete Radiofónico

 

BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
BLIHETES PUBLICADOS

 

 

 

Encontrar Bilhetes