Escritas do fundo do mar

25
Jul 08
Satisfações diárias não são vontades contrárias. São necessidades que todos temos e poucos alcançam, na pequena vitória da motivação de fim de dia. Quem diria?! Que fulano andava descontente, nem parecia. Ninguém esperava uma coisa destas. Que pena, tão novo…

Não sabemos dos outros os silêncios, as angústias, as vontades, as boas e más disposições. Ilusões?! Estratégias! Capas de sorriso a esconderem frustrações constantes. E desgastantes! Rebentamos por vezes pela fragilidade do apoio desencontrado.




Festas de cinismo, abraços de má vontade, risos amarelos de sacanice e dentes mal lavados, uns procurados, outros achados. A verdade no fundo, está longe da podridão da superfície. Estou farto! Estou cansado! Tenho dores na cara que não quero ter.

Os círculos fechados são os mesmos e fedem como sempre. Descontente?! É aparente! São curvas de humor sinusoidal, que de esforço sabem mal. Arrancam-se dentes na boca da vergonha, com craveira de apatia agoniante. Só mais um instante! No fim vai valer a pena.

O difícil é lá chegar… são muitos anos!
Bilhetado por Brunorix às 15:30

"É aparente! São curvas de humor sinusoidal, que de esforço sabem mal. Arrancam-se dentes na boca da vergonha, com craveira de apatia agoniante. Só mais um instante! No fim vai valer a pena."

Às vezes a tensão de um pseudo-sorriso é tanta que os bucinadores e masséteres flamejam de dor (e horror). Essa capa inunda os espaços em que nos movemos, as fotografias em que todos sorriem.
Podem estar a fazer um frete ou com milhões de problemas, mas naquele segundo de flash ninguém quer ficar mal, esboçando sorrisos em tons de pseudo-felicidade...

Enfim... sem palavras.
Apenas dizer: mais um excelente post!
Iris_Esfenoidal a 26 de Julho de 2008 às 16:29

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
16
19

20
22
24
26

27
29


Bilhete Radiofónico

 

BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
BLIHETES PUBLICADOS

 

 

 

Encontrar Bilhetes