Escritas do fundo do mar

28
Jan 10
Misteriosos são os caminhos da incompreensão humana e da falta de coragem. Cada folha que se vira no livro da vida, tapa a anterior e não mostra a seguinte. Por conseguinte: fica por ler a viragem. Segue-se outra imagem.
 

O medo e a razão saíram para um jantar destino. Marcaram mesa no melhor restaurante da idade e escolheram do menu mais experiente. Para entrada uns medalhões de passado com doce de esperança. Seguiu-se um caldinho de compreensão. O prato principal era verdade grelhada a meio termo com pimenta de realidade e atitudes salteadas em molho determinado. Um bom tinto de casta sentida apaziguava a garganta. Fechou-se com mousse de amor e dois cafés cheios de planos. A conta ficou por conta. Quem conta?

 

No jogo das decisões venciam as emoções. Faltavam poucos minutos para acabar e já em período de descontos as contrariedades empataram. Foi tudo para prolongamento. Um momento! Agora entram os que nunca jogaram. Marcaram?! Ficou para segundo tempo. Apito final.

 

Viagens de mala vazia percorrem destinos de saudade. Viajam todos menos a verdade. Até levaram azia. Aterragens em portos de mar seguro deixam descansar voos de ilusão. Que confusão!

 

Com tanta iguaria escrita todos querem mas ninguém acredita. Envolvem-se sapiências e vontades em terrinas para todas as idades, com sabor que não inova. A salada está servida: mas alguém prova?!



Bilhetado por Brunorix às 23:23

Parabéns!
Está fantástico.
Anónimo a 29 de Janeiro de 2010 às 22:49

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15

17
18
19
21
23

24
25
27
30

31


Bilhete Radiofónico

 

BILHETE`S DIVER
EMÍLIO DO BILHETE
bilhetedeida@gmail.com
BLIHETES PUBLICADOS

 

 

 

Encontrar Bilhetes